Não acredito em sorte, acredito em trabalho!

Vou ser bem sincero: não acredito em sorte, acredito em trabalho!

Vejo tantas pessoas jogando diariamente na Mega Sena e torcendo, algumas chegam a ir na igreja para pedir a Deus que faça com que elas ganhem, em bingos, pôker online, jogos de festas juninas, jogo do bixo, purrinha (jogo de palitinhos)… Ok, algumas pessoas ganham, mas a maioria perde. Alguns chegam a “jogar” nos seus Home Brokers por ver que nos últimos 10 anos a Bovespa só cresceu e se eles tivessem investido R$ 100,00 por mês naquela época hoje estariam milhonários! Falo isso apenas para os que não conhecem realmente mercado financeiro e não para os investidores verdadeiros, que vivem apenas disso (como a Mírian Leitão, um exemplo no mundo da Economia).

É engraçado ver que as pessoas acreditam tanto nos jogos de azar e que ficam comentando com seus amigos que “se eu ganhar, vou comprar uma Ferrari, uma casa na praia/montanha e depois vou jogar na cara dos meus amigos que agora sou milhonário”, fazendo disso sonhos que chegam a parecer uma realidade segundos antes de sair o resultado do bilhete que está em suas mãos. Não vou ser hipócrita ao ponto de falar que eu não jogo, não mesmo! Claro que de vez em quando eu faço “minhas apostinha” (como dizia um personagem da Praça é Nossa, assim mesmo, misturando o plural com o singular na mesma frase). No final do ano, na Mega da Virada eu aposto com amigos, afinal, seria frustrante se eles ganhassem e eu não 😉 .. Não pelo fato de eu seu o único dos meus amigos a não ganhar, mas sim pelo fato de que teria mais o que fazer com a minha parte da grana, investir em projetos.. Mas claro que eu não “conto” com essa grana.

Foque no que realmente interessa, trabalho! Não existe mágica, existe esforço e força de vontade!

“Ah se eu fosse dono da Microsoft.. Ah se eu fosse dono da Apple.. Ah se…” – Como diz um amigo meu: “Ah, se meu avô tivesse seios eu teria duas avós!” – Pare de querer ser outra pessoa e baseie sua vida em você mesmo. Olhe pra Frente a partir de agora e comece a trabalhar a sua vida de forma a ser o dono de uma possível Microsoft ou Apple daqui a 10 anos ao invés de ficar só reclamando da vida e desejar ser outra pessoa. Vocês acham que pessoas como Bill Gates ou mesmo o Steve Jobs foram “melhores” que você? Porque? Eles nasceram igualzinho a você e pode ter certeza que tiveram as mesmas oportunidades, mas a diferença é que eles arriscaram a vida em projetos que acreditavam e isso é o que realmente importa! Essa foi a grande diferença que fez com que criassem duas grandes petências. Largaram de mão a “zona de conforto” e partiram pra cima!

Novamente: não acredito em sorte, acredito em trabalho!

Anúncios